Resenha: Sangue Quente - Isaac Marion

Autor: Isaac Marion
Nome Original: Warm Bodies
Editora: Leya
Número de Páginas: 252


Comprei esse livro há muito tempo porque além de estar em promoção, também tem como tema principal os zumbis... fiquei maluca e o comprei. Mas tem tantos livros que eu fui comprando que muitos que eu estava desesperada para ler eu acabei deixando para trás... bem agora estou tirando esse atraso.

Nessa história conhecemos R - o protagonista do livro - que não lembra seu nome, só sabe que começa com essa letra. Ele é um zumbi e tenta se manter ocupado em meio à sua rotina de andar, gemer e comer os cérebros alheios. Mas ele é diferente, consegue pronunciar até quatro palavras de uma vez sem se perder. (Pois é, nessa histórias alguns zumbis conseguem falar.)

Em uma caçada, R se encontra com um grupo de humanos jovens, ele não perde tempo e ataca um garoto arrancando o seu cérebro e guardando um pouco para depois. E então ele vê Julie e sente uma forte necessidade de protegê-la. 

A partir daí surge um romance, não corporal claro, mas algo que os une de uma forma um tanto inexplicável. E com o tempo R vai se retomando sua humanidade e contagia os outros zumbis que moram no aeroporto.

Ok, não vou dizer mais nada, pois acredito que um dos motivos da leitura ter valido a pena foi pelas surpresas que foram aparecendo. 

Pois é, eu não gostei muito do livro mas vou explicar meus motivos, primeiro na história, não gostei muito da forma que o autor descreveu os zumbis, tentei manter a mente aberta mas não me agradou. 

Outra coisa que me desagradou e que achei bem cansativas foram as lembranças de Perry, namorado de Julie que foram narrados porque R comeu o seu cérebro. Se o autor só tivesse explicado que as lembranças do garoto tinham passado para ele já  estava de bom tamanho.

E o final, ai meu Deus... alguém pode me explicar aquele final? Acredito que o autor se cansou de escrever o livro e decidiu apenas encurtar tudo. Foi corrido, sem explicações e eu ainda fiquei com muitas perguntas sobre o que havia acontecido apenas no último capítulo. Não dava para ter encurtado as reflexões e lembranças e preencher aquelas páginas com alguma simples explicação do final?? (#revolta)

No todo é um livro que pode distrair, principalmente por ter apenas 252 páginas. Mas devo lembrar que essa foi a minha opinião, tem muitos livros que eu amo e que outras pessoas dizem ter odiado. Então vale a pena dar uma chance para alguns livros, e esse tem uma temática bem diferente - romance juvenil + zumbi.

Curiosidades:
Em fevereiro de 2013 estréia o filme baseado no livro, foi intitulado Meu namorado é um Zumbi e acredito que seja melhor que o livro, já que parece ser bem comédia. Confiram o pôster e o trailer:


Desculpem, mas é parecido.
kkkkk
Pois muito bem.. tem muitos filmes que estou ansiosa que irão estreiar ano que vem e estou pensando em fazer um post com todos eles. Principalmente aqueles que são baseados em livros.

Comentem!

© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por