Resenha: O Mendigo - Edson José da Silva Santos


Autor: Edson José da Silva Santos
Editora: Baraúna
Nº de Páginas: 235
Skoob / Buscapé

Recebi esse livro pelo Booktour que foi organizado pela Camila do blog No Limite da Leitura, mas fui convidada pela querida Aline do Leituras, Vida e Paixões. Obrigada meninas por me darem essa oportunidade e claro, agradeço também ao autor por disponibilizar esse exemplar.

Em O Mendigo, conhecemos um grupo de jovens que são grandes amigos, mas cada um tem sua personalidade em particular. São eles: Marcos, Simone, Sandra, Marcelo, Carlos e Márcia, todos tem muita importância na história, mas alguns me encantaram e marcaram a minha leitura mais do que outros.

E tem também, é claro, o mendigo Herbert que é de suma importância para todas as reviravoltas que acontecem com esse grupo de amigos e também na vila onde moram. Eles se conhecem de forma abrupta - pelos menos para o Herbert foi..rs - quando o grupo estava na rua e um grupo de crianças jogava bola, que por acidente foi jogada em sua direção e foi parar na cabeça do coitado.

Marcos é o primeiro que faz contato por sua preocupação com o estado do homem e se torna uma espécie de mentor entre essa amizade.

"Quer conhecer o verdadeiro caráter de um homem? Dê poder a ele."

Ninguém poderia imaginar o quanto um mendigo tinha para ensinar e o quão observador e inteligente ele é, todos se surpreendem então quando os problemas deles começam a parecer mais fáceis de se resolver com os seus conselhos. O próprio leitor - pelo menos foi assim comigo - se vê querendo ter uma conversinha com ele para esclarecer algumas dúvidas sobre a vida.

O personagem que mais marcou, tirando o Herbert, foi com certeza a Sandra. No ínicio ela é do tipo mesquinha, irritante e que nos faz querer esganar a cada página, mas conforme lemos a respeito de sua vida e com os conselhos de Herbert sobre não julgar antes de realmente conhecer as pessoas. Quase no final ela se tornou minha personagem favorita.

" E quem não sabe ser grande diante das pequenas coisas, será pequeno diante das grandes, porque uma árvore não aparece da noite para o dia, ela começa com uma pequena semente."

Um livro que nos faz refletir e que consegue atingir bem lá no fundo, trazendo a tona questões sobre como estamos levando nossa vida e se estamos aproveitando nossas oportunidades com inteligência. Gostei muito de que tenha muita ênfase no lado espiritual e em Deus também.

Um livro super recomendado, é ótimo para sair um pouco da comodidade dos livros fantasia e romances que normalmente eu leio.

Sobre o autor:


Maestro, compositor, professor de música, poeta, desenhista e escritor.


© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por