{resenha} Corações Feridos - Louisa Reid


Corações Feridos foi escrito pela autora Louisa Reid e publicado pela editora Novo Conceito em Setembro. Possui 256 páginas e uma diagramação muito linda, com detalhes no começo de cada capítulo e com essa linda capa. 

" Duas irmãs gêmeas. Uma linda, a outra desfigurada. Divididas por um terrível segredo..."

Somos apresentados logo de início à Rebecca, que sofreu uma deformação no rosto por causa da Síndrome de Treacher Collins. Ela ainda está de luto por causa de sua irmã gêmea, que faleceu há pouco tempo. Sua família não é muito normal, com pais que são voltados totalmente para a religião - mais conhecidos como fanáticos religiosos - elas foram separadas de toda a civilização, não frequentavam a escola nem tinham nenhum contato com pessoas de fora, até que Hephzibah consegue convencê-los para as duas fizessem o ensino médio comum, com os outros jovens.

Por Heph ser mais extrovertida e corajosa - além de ser linda - consegue se enturmar com alguns alunos e até frequentar algumas festas, todas acobertadas por sua irmã que sempre a defendeu e encorajou depois de um momento difícil. Mas Rebecca tem problemas com todas aquelas pessoas olhando seu rosto desfigurado, para as brincadeiras e perseguições comuns da escola e que eram mais intensas por sua condição.

Os capítulos são divididos entre as duas irmãs, Heph contando como foram suas últimas semanas de vida e o que aconteceu para que morresse e Rebecca se concentra em superar a morte da irmã e formular planos para conseguir escapar dos seus pais, que conforme a narrativa vai evoluindo descobrimos seus crimes e de como a frase "lobo em pele de cordeiro" se encaixa em muitas pessoas.

A narrativa da autora é muito fluida e quando percebemos estamos tão envolvidas por esse drama que não tem como abandonar a leitura antes de saber como tudo irá terminar, se a justiça será feita ou não. A crítica social também foi colocada de forma majestosa, nos fazendo refletir sobre alguns assuntos mas sem percebermos que foi algo colocado pela autora.

No todo é um livro muito intenso que me fez pensar um pouco mais em como a vida de algumas pessoas - personagens - podem ser bem mais difíceis do que para outros. Enquanto alguns pensam no terrível mal que é perder um namorado, outros tentam sobreviver por mais um dia.

© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por