Redes Sociais

As Feiticeiras de East End por Melissa de la Cruz



Desde o lançamento do livro no exterior eu me sentia curiosa quanto à leitura de As Feiticeiras de East End, não só por se tratar de bruxas mas por ser escrito por uma autora muito famosa, da qual esse foi o meu primeiro contato. Melissa de la Cruz já publicou muitos livros e é famosa pela série Blue Bloods - que aliás são citados nesse livro.

Baseando-se na mitologia nórdica a autora escreveu uma história incrível, com muitos dramas e mistérios que nos são apresentados aos poucos em meio à problemas mais comuns, de pessoas comuns. 


As três mulheres da família Beauchamp vivem há algum tempo na pacata cidade-ilha de North Hampton, em Nova York. Joanna é separada de seu marido, desde que foram condenadas à viver sem sua magia, com penalidade máxima para aquele que infringir essa regra. Uma mulher que tenta ao máximo manter suas filhas seguras e acalmar as dores de perder seu único filho quado foram acusadas.

Freya é uma bruxa bem impulsiva e intensa, sem medo de ser feliz é ela quem consegue inspirar coragem nas outras duas mulheres. Para que viver nas sombras quando se tem uma luz interior tão forte? Ela se apaixona imediatamente por Bran Gardiner e mesmo se conhecendo à apenas um mês, já estão com o casamento marcado. Mas quando ela conhece o futuro cunhado, Killian se vê numa situação muito complicada, é impossível tentar se afastar dele quando seu corpo e sua mente insistem em colocá-lo em todos os seus pensamentos. Logo ela estará entre a cruz e a espada - ou seria entre a forca e a fogueira? rs 
"Este é o início do fim - ela pensou. A primeira vez fora um erro, um ato impulsivo e súbito de uma jovem tola. Desta vez, ela já sabia... e ainda assim ela tinha sucumbido. Freya retribuiu os beijos ansiosamente e caiu de cabeça no abismo." pág. 167
Ingrid é a mais discreta e intelectual das três, quando perderam sua liberdade de praticar magia, cada uma escolheu algo ao qual se concentrar. E ela escolheu viver entre os livros da escassa biblioteca da cidade. Todos a reconhecem como sendo muito rígida quanto ao estado de conservação dos livros emprestados e não tem tempo para mais nada além de sua profissão. Mas o que será que era aquele aperto no coração quando o homem que pensava estar apaixonado por ela começa a sair com sua colega de trabalho? Ela estaria se apaixonando por aquilo que não podia alcançar?

As três tem seus próprios problemas pessoais, mas a autora conseguiu colocar os problemas mais sérios em foco e a mitologia foi colocada em quantidade suficiente para um primeiro livro de uma série, foi uma ótima introdução para tudo o que ainda tem para rolar. (mas confesso que não tenho muito conhecimento sobre a mitologia nórdica e pretendo consertar isso o mais rápido possível)
"Ela foi na frente, passando pelos cabides de casacos e peles e pela placa feita por ela que dizia: 'Procurando por Nárnia? Você está no Universo errado.'..." pág. 228 - achei muito engraçado essa citação...rs
O final do livro foi uma tremenda surpresa, todos os desfechos foram tão inesperados que eu cheguei a falar sozinha. (fazia algum tempo que não discutia comigo mesma sobre o final de um livro. Louca? Magina.) Jamais iria imaginar o que estava por vir e estou mais do que ansiosa para o próximo volume da série que já foi publicado no Brasil com titulo de O Beijo da Serpente

Livro super indicado para quem gostar de livros com feiticeiras e outras criaturas sobrenaturais, além de muita mitologia. E para aqueles que já leram a série Blue Bloods, alguns personagens aparecem no decorrer da história. Não sei dizer se são personagens que se destacaram nessa série pois ainda não a li, mas saber disso me deixou mais empolgada a conhecer Os Vampiros de Manhattan.


~*~


Existe um seriado baseado nessa série mas ainda não assisti nenhum episódio e por isso não sei dizer se é fiel à obra ou se segue outra linha de enredo. Mas agora estou ainda mais interessada em assisti-la e poder compará-la. Mais informações do seriado aqui.

Lançamentos previstos para Abril da Editora iD

Eu estava analisando as publicações previstas da editora iD e percebi que há vários programados para esse mês... talvez estes não saiam ainda em Abril, mas era o que estavam prevendo. Então confiram o que está por vir:

Lucy Beck-Moreau, tinha um futuro promissor como pianista. As pessoas a conheciam, reservas para seus concertos eram feitas com meses de antecedência e seu futuro parecia certo. E isso tudo antes dela completar 14 anos. Agora aos 16, acabou. Por culpa de perdas dolorosas e traições. The Lucy Variations é a história de uma menina que luta para recuperar seu amor pela música e por ela mesma, reencontra a alegria mesmo quando as coisas não saem como planejado. Porque a vida não pe uma performance, e todos merecem a chance de cometer alguns erros ao longo do caminho.

Kira Walker descobriu a cura para o RM, mas a batalha pela sobrevivência está apenas começando. Kira deixou East Meadow em uma busca desesperada para descobrir quem ela é. Que os Partials possuem a cura em seu sangue não pode ser uma coincidência — deve ser parte de um plano maior, um plano envolvendo Kira, um plano que poderia salvar as duas raças.

“Ela poderia salvar o mundo ou destruí-lo”
Evie Greene leva uma vida encantada, até que começa a experimentar alucinações terríveis. Quando um evento apocalíptico dizima sua cidade natal Louisiana, Evie percebe que suas alucinações eram realmente visões do futuro  e que ainda estão acontecendo.
© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por