BETA por Rachel Cohn



Seguindo com a minha obsessão pelo gênero distópico- e que está muito em alta no momento - eu solicitei o livro BETA, lançamento da editora iD. Ainda não li nenhum livro da autora mas tenho outro livro da autora aqui em casa. 

Nesse livro a sociedade possui alta tecnologia e os mais afortunados financeiramente conseguem usufruir do melhor lugar para se viver do planeta, a ilha Demesne. Tudo lá é projetado para o conforto dos habitantes, desde o ar que se respira até os empregados que lhes servem, empregados que são criados em laboratório a partir dos corpos de humanos que morrem. Esses clones são fisicamente com os seres humanos mas que não possuem alma, não sentem nem questionam.

O corpo do clone chamado Elysia é de uma adolescente, faz parte de uma nova geração de clones que estão em teste. Sua função é agradar seus "donos" e ajudar no que for preciso, mas com o passar do tempo ela percebe que não é como os outros. Algumas situações desencadeiam memórias da antiga dona do corpo e algumas fazem com que suas emoções aflorem.

Quando vi o lançamento desse livro fiquei super animada e ansiosa para conhecer mais uma distopia que poderia me tirar o fôlego. O problema é que não foi bem assim que aconteceu. 

A ideia da autora é incrível, clones trabalhando para o ser humano, como robôs em corpos de carne e osso, que começam a ter emoções, mas a personagem é irritantemente sem graça e a narrativa da autora não conseguiu me prender na história. Todas as minhas expectativas com o livro foram escorrendo ralo abaixo. 

Pode ser que não foi o momento certo para a leitura, já que estou passando por tantas mudanças na minha vida, quem sabe eu não dê outra chance para o livro - ou para a série - mais para frente, quando tudo estiver bem tranquilo como se eu estivesse na própria ilha Demesne. 
© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por