Redes Sociais

Começou! Maratona Literária de Verão 2014

Hoje começou a Maratona Literária de Verão, infelizmente não consegui ficar acordada até de madrugada para começar minhas leituras. Passei o dia descansando das farras de sábado e terminando o livro Caminhos de Sangue que já havia iniciado. (O livro é incrível, depois da maratona farei a resenha dele... *-*)

Percebi que ainda não havia publicado minha lista de livros que escolhi para a Maratona, então vou deixar abaixo os livros com suas sinopses. Eu tinha decidido ler 4 livros no total, já que estava lendo apenas um ou dois por mês... mas não resisti e acrescentei mais um na lista. 

Nascido com uma tetraplegia espasmódica, Rick Hoyt foi desenganado por vários médicos, que aconselharam seus pais, Judy e Dick Hoyt, a internar seu primogênito em uma clínica. Mas os pais de Rick recusaram-se a tomar essa medida. Determinados a dar ao filho todas as oportunidades oferecidas a uma criança considerada “normal”, incluíam Rick em tudo que faziam, especialmente com os outros dois irmãos, Rob e Russ.Mas uma coisa é dentro do seu lar, o vasto mundo é outra coisa. Depois de repetidas recusas por diretores de escola que resistiam às suas tentativas de matricular o garoto, a mãe de Rick trabalhou incansavelmente para fazer passar um projeto de lei, Capítulo 766, a primeira reforma na educação especial no país. Como resultado, Rick e outras crianças com deficiências físicas puderam frequentar as escolas públicas de Massachusetts.Mas como Rick se comunicaria se não conseguia falar? Para superar esse obstáculo assustador, Dick e Judy Hoyt trabalharam com o Dr. William Crochetiere, e com o presidente do departamento de engenharia da Universidade de Tufts, bem como vários alunos empreendedores, incluindo Rick Foulds, na criação do dispositivo de Comunicação Interativa da Universidade de Tufts. Entre os aparatos domésticos da família Hoyt, ele ficou conhecido como a “Máquina da Esperança”, pois faria com que Rick pudesse criar frases pressionando a cabeça contra uma barra de metal. Pela primeira vez na vida, Rick conseguiu se comunicar.Então, um dia, Rick pediu a seu pai para participar de uma corrida beneficente, mas havia um porém, Rick também queria correr. Dick nunca havia participado de uma corrida antes, mas o maior desafio estava no fato de ter de empurrar a cadeira de rodas de seu filho ao mesmo tempo. Contudo, uma vez mais, a família Hoyt estava determinada a superar qualquer obstáculo que pudesse impedir sua caminhada.Agora, depois de mais de 1.000 corridas, incluindo inúmeras maratonas e triatlos, Dick Hoyt continua a empurrar a cadeira de rodas de Rick. Conhecidos em todo o mundo e carinhosamente chamados de a Equipe Hoyt, permanecem cada vez mais dedicados, inspirando milhões e incorporando em todo o seu lema e marca registrada: “Yes, you can!” (Sim, você pode!)
Esse é o primeiro livro que estou lendo da minha lista, estou adorando, essa é uma história muito inspiradora! Por ser bem fininho acredito que consiga ler antes do Natal. Porque também preciso aproveitar as festividades e dar atenção pro povo da família né?! haha 

Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

Uma das cenas mais icônicas da história: três homens montados em camelos chegam a uma manjedoura carregando ouro, incenso e mirra como presente a um bebê. Na vastidão do céu do deserto, uma estrela brilha intensamente. Um momento de serenidade e graça. Uma noite feliz. Mas quem eram os Três Reis Magos? A Bíblia quase não fala deles. Seus nomes sequer são mencionados. O registro histórico é impreciso. Por que achamos que eles eram reis vindos do leste? E se fossem ladrões sanguinários da pior espécie, fugindo pela Judeia e esgueirando-se na escuridão da noite? A escrita habilidosa de Seth Grahame-Smith mistura fatos históricos a uma atmosfera de mistério para criar uma trama épica: os chamados "Três Reis Magos" são liderados pelo enigmático criminoso Baltasar - o infame "Fantasma da Antioquia". Homens que escaparam da brutal prisão de Herodes e foram parar, por acaso, na famosa manjedoura do Rei recém-nascido. A última coisa de que Baltasar precisava era perder tempo com José, Maria e o filho do jovem casal. Porém, quando os guardas de Herodes começam a matar bebês primogênitos na Judeia, o ladrão não tem alternativa senão ajudar a família a chegar ao Egito. Assim começa uma história sombria e selvagem, protagonizada por figuras bíblicas como Pôncio Pilatos e João Batista, em que a magia dá lugar à perversidade humana. 
Harper Connelly e seu meio-irmão, Tolliver, são especialistas em realizar o serviço (encontrar cadáveres de pessoas desaparecidas), receber o pagamento e partir rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada... E o criminoso ainda não terminou seu trabalho...

A Associação de Fiscais existe praticamente desde sempre. Alguns Fiscais controlam o fogo, outros controlam a terra, a água ou o vento - e os mais poderosos podem controlar mais de um elemento. Sem os Fiscais, a Mãe Natureza acabaria varrendo a humanidade da face da terra...Joanne Baldwin é uma Fiscal do Clima. Normalmente basta ela fazer um movimento com a mão para domar o mais violento dos climas. Mas agora Joanne está tentando derrotar outro tipo de tempestade: acusações de corrupção e morte. Então ela resolveu se valer de uma estratégia bastante humana para salvar a própria pele....correr.Sua única esperança é Lewis, o guardião mais poderoso que se tem notícia. Infelizmente, ele não roubou somente uma mas três garrafas de Djinn – fazendo dele o homem mais procurado da Terra. Mesmo assim, ela está tentando encontrá-lo de todas as maneiras – antes que a tempestade chegue…

Todos os livros são de um tamanho razoável então acredito que possa dar conta. Caso queiram acompanhar meu progresso também nas redes sociais deixarei alguns links abaixo:


As resenhas serão feitas provavelmente apenas no ano que vem, por motivos óbvios. Boas Festas à todos! 
© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por