Redes Sociais

[Resenha] Devoção por Dick Hoyt e Don Yaeger


ISBN: 978-85-63219-23-7
Ano: 2011 / Páginas: 208
Editora: Novo Conceito

Autor(a): Dicky Hoyt e Don Yaeger
Gênero: Biografia



"Ele acreditou que seria capaz. E por seu filho, superou seus próprios limites."
Devoção foi publicado pela editora Novo Conceito em 2011, possui 208 páginas de muita superação e inspiração para todos os leitores sortudos que tenham a oportunidade de lê-lo. Se trata de uma biografia sobre o autor Dicky Hoyt e seu filho Rick que nasceu com tetraplegia espasmódica, durante a leitura acompanhamos as dificuldades que essa família teve além de todas as vitórias que conquistaram ao longo dos anos.

Dicky teve a sorte de ter uma grande família, tinha muitos irmãos e por causa disso eles viviam de maneira simples mas feliz. Ele sempre gostou de esportes e chegou a ser capitão do time da escola. Como num tipico filme jovem americano ele se apaixonou pela líder de torcida e quando terminaram o colegial, se casaram e ela acabou engravidando. A felicidade do primeiro filho é inigualável e eles fizeram todos os preparativos necessários. Mas complicações na hora do parto fizeram com que suas vidas mudassem para sempre.
"Esqueçam dele", disseram os médicos. "Não o visitem. Não pensem nele. Continuem com suas vidas", foi isso que famílias em situações semelhantes haviam feito antes de nós. - página 45.
Rick nasceu com tetraplegia espasmódica e os médicos disseram para os pais que o esquecessem, que o internasse numa clínica especializada e assim seguir com suas vidas. Essa não era uma opção para eles, já amavam seu filho e não o abandonariam por nada. 

A partir daí vemos uma linda prova de amor tanto do pai quanto da mãe que enfrentaram preconceitos, lutaram com unhas e dentes para que Rick tivesse uma vida normal, ou pelo menos o mais próximo que conseguissem disso. Dentre essas batalhas temos: conseguir colocá-lo na escola normal, já que ele sempre demonstrou muita inteligência e humor; construir cadeiras de rodas especializadas; a construção de uma máquina que permite que Rick possa conversar com as pessoas e muitas outras que me surpreenderam durante a leitura.

A mais famosa superação dessa família é sem dúvida a Equipe Hoyt, onde pai e filho participam não apenas de maratonas mas também de triatlos e do famoso Ironman. Ver o quanto Dicky teve que treinar e se superar para conseguir conquistar aquilo que seu filho tanto queria é realmente emocionante. Uma fonte de inspiração para qualquer pessoa que tenha a mínima vontade de começar a praticar esportes. 
O que o comandante Collins disse sobre o evento teve um significado especial para mim - ser um Ironman tem a ver com concluir o que você começou. Você pode não terminar em primeiro ou ser tão rápido quanto à pessoa que terminou na sua frente, mas pelo menos você terminou. - página 139.
Mas como isso começou? Da onde essa ideia de participar de corridas de rua e eventos maiores surgiu? O próprio Rick disse utilizando a "Máquina da Esperança" que queria estar na corrida que homenagearia um atleta que ficou tetraplégico durante um jogo. Como um pai poderia negar um pedido desses de seu filho?

Dicky Hoyt e seu filho Rick ficaram famosos por todas essas superações e por suas participações nesses eventos graças à videos que foram colocados na internet. E agora fazem palestras de motivação onde seu principal lema é: "Sim, você pode." 
..."Como qualquer coisa que a vida nos oferecer pode ser mais difícil do que ele tem de enfrentar todos os dias?". - página 59.
Recomendo à todos que deem uma chance para esse livro, demorei muito para lê-lo mas acredito que o fiz num momento oportuno.

Sobre o autor (Dick Hoyt):


Dick Hoyt é um tenente-coronel recém-aposentado da Força Aérea Norte-Americana, e seu filho, Rick Hoyt, é aluno da Universidade de Boston. A Equipe Hoyt já participou de milhares de corridas, incluindo a maratona de Boston. Dick e Rick moram em Massachusetts.




© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por