Redes Sociais

[resenha] Sempre por Maggie Stiefvater

Título original: Forever
Nº de Páginas: 370
Autor: Maggie Stiefvater
Editora: Nova Fronteira (selo Agir Now)

Publicado em: 2015
Série/ trilogia: Os Lobos de Mercy Falls #3
Nota: 2/5

"Sem Grace, eu era máquina em funcionamento eterno, movida à minha incapacidade de dormir e ao medo de permitir que meus pensamentos se acumulassem em minha mente. Todas as noites eram uma cópia dos dias anteriores, e todos os dias eram uma cópia de todas as noites."


Sempre é o terceiro e último volume da trilogia Os Lobos de Mercy Falls, confiram minhas resenhas dos dois primeiros volumes: Calafrio e Espera. Caso você não tenha lido os dois primeiros volumes, não se preocupe, não estarei dando nenhum spoiler na primeira parte da resenha, apenas no final.

Todo final de série/trilogia é complicado para o leitor, seja porque estão muito tristes por ver a história chegando ao final ou pelo medo de o desfecho não ser o que esperava ou da qualidade dos outros livros. No meu caso, estava apreensiva e desejando muito que o desfecho de Sempre fosse melhor do que o segundo volume (Espera), que a autora de alguma maneira reconquistasse minha atenção e me deixasse querendo mais. Mas não foi isso o que aconteceu.

Vejo tantas pessoas que amaram essa trilogia e gostariam de relê-la em algum momento, mas eu não quero nem olhar para as minhas edições (tanto que irei vendê-las) de tanto que me decepcionei. Não me levem a mal, Maggie Stiefvater me conquistou com sua escrita e da forma leve que narrou o primeiro volume. Calafrio me conquistou e tudo o que eu queria era ler mais, saber mais sobre os lobos e o que o destino havia planejado para o casal, mas o romance ficou muito meloso e insuportável, os personagens que haviam sido apresentados sumiram e não tiveram destaque algum. Enquanto isso, novos personagens surgiram e trouxeram mais drama e romance, páginas e páginas de cenas desnecessárias, que não acrescentavam nada a história principal... 

Foi muito difícil eu conseguir ler esse último volume, foi uma leitura arrastada e decepcionante. Infelizmente, não funcionou para mim e não pretendo ler Perdido, livro onde Cole e Isabel são protagonistas. Mesmo gostando muito da Isabel. Mas pretendo ler outras obras da autora, como por exemplo Os Garotos Corvos.

Agora vou falar um pouco da história, portanto pode conter spoilers dos dois primeiros volumes.

Sam está depressivo e tentando encarar a falta que Grace faz em sua vida, além de ser o principal suspeito pelo desaparecimento repentino dela. Cuidar de Cole também está sendo complicado, já que ele continua com sua personalidade explosiva e despreocupada. Mas tudo isso parece pequeno quando descobre que o pai de Isabel pretende exterminar todos os lobos da região, tendo todo o apoio quando outra garota é atacada e morta por lobos.

Isabel tem seus conflitos com Cole, mas a atração dos dois é indiscutível. Pena que isso sempre significa problemas. Com seu pai querendo matar os lobos e Sam estando com a cabeça fora do eixo, ela parece a única a realmente perceber a gravidade da situação. Eles precisam bolar um plano rápido para salvar a matilha e principalmente, salvar Grace.

Grace está se acostumando a ser um lobo, mas voltar a ser humana é algo confuso e complicado, já que nunca sabe quando vai se transformar novamente. Quando ela finalmente se junta ao grupo, ajuda a bolar um plano para retirar os lobos da floresta, mas isso não é nada fácil e o tempo está acabando.

Na minha opinião, se a autora tivesse parado no primeiro volume estaria ótimo. Estou decepcionada principalmente por querer tanto amar essa trilogia. Mas como já disse, muitos leitores amaram a leitura dos três volumes, portanto leia e tire suas próprias conclusões. Mas se quiser parar em Calafrio tem meu total apoio.

Sobre a autora:

Maggie vive na Virginia com o marido, os dois filhos pequenos, dois cachorros, um gato e um camaro 1973. Ela é uma grande artista da música, é desenhista e atualmente apenas se dedica a carreira de escritora.
© ATRASADA PARA O CHÁ- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por